Últimos

Cales son os exames de CD4 e as probas de células CD4 para?

As células CD4 son un tipo de linfocitos (glóbulos brancos). Son unha parte importante do sistema inmunitario. As células CD4 ás veces son chamadas de células T.

Anuncios
O reconto de CD4 por baixo de 500 é unha condición delicada ... Este é un exame que de algunha maneira axuda a visualizar a condición inmune da persoa, a proba CD4. O reconto de CD4 por baixo de 500 é unha condición delicada ...
Probas de CD4

Linfocito - Unha Célula Branca non é necesariamente unha célula CD4 - isto porque a cela que é contada, un linfocito, ten unha molécula específica, chamada CD4 (a molécula que se expresa nestas células só chamadas de CD4. E non a célula branca en sí . non sabería dicir se toda célula branca que expresa a molécula CD4 considérase tamén un linfocito. non son médico. Pero toda célula que expresa a molécula CD4 é susceptible ás agresións do virus de inmunodeficiencia humana que, no seu ciclo de vida e reprodución escraviza (...) a célula ea forza a produir novos virus que saen das células "á caza de novas células" coa molécula CD4 expresa en si.
Micrografía electrónica de linfocitos cultivados digitalizados por VIH-1 (en verde). Esta imaxe foi coloreada para destacar as características importantes; Ver PHIL 1197 para ver a imaxe orixinal en branco e negro. Varias colisións redondas na superficie da célula representan sitios de montaxe e brotación de viriones.

O reconto de CD4 é un tema clave para as persoas que pensan que poden estar infectadas co VIH, xa que algúns deles intentan usar o Hemograma para "auto-diagnóstico"

Teño visto tanto sufrimento na vida dunha persoa, por conta de frases que profesionais sanitarios (Médicos e médicas son, así, así, outra cousa, moi por encima diso) que mellor sería se eles non tivesen lingua, ou traballasen amordaçados, quizais con aquela esfera que vexo nalgúns sitios de "SEX 's Shops" porque, calados, serían poetas.

Eu cito como exemplo unha residente, na clínica de dor dun HospitalImporatnet a quen eu dixen ao final de toda a análise, que foi excelente, deume inforações precisas e sombrías, e outras non tanto, sobre o futuro, como a "docente "que suxeriu que eu pasase a repensar a casa para as miñas necesidades no futuro e, cando eu pedín a docente que me axudase cun botãso, que eu non podía pechar e ela, moi solícita, se prestou a grandeza de abotoá-lo e , sen experiencia, díxome:

 

- "O teu Claudio, o xeito no que estás, non se sente nin sequera"

Se fose Jânio da Silva Quadros, diría:

"Nada de declarar"

O conde de CD4 - que é?

CD4, que é unha molécula que se expresa na superficie dalgunhas células T, macrófagos, monocitos e na célula dendrítica. É unha glicoproteína monomérica de 59kDa que contén catro dominios semellantes a inmunoglobulinas (wikipedia -CD4)

Células CD4 son un tipo de linfocitos (célula branca do sangue). Son unha parte importante do sistema inmunitario. Células CD4 son ás veces chamados de células T. Existen dous tipos principais de células T.Células T-4, tamén chamado CD4, son "Células Auxiliares". Eles lideraron o ataque ás infeccións. T-8 (células CD8) son "células supresoras" da resposta inmune. As células CD8 tamén poden ser células "Killer" (asasinas) que matan células cancerosas e células infectadas por virus.

Estas células buscan e caracterizan outras células e axentes infecciosos por proteínas específicas na superficie da célula. Unha célula T-4 é unha célula T con moléculas CD4 na súa superficie. Este tipo de célula T chámase tamén a célula "Celda Positiva", CD4 ou CD4.

Por que son as células CD4 importantes na infección por VIH?

O VIH máis frecuentemente infecta as células CD4. O virus se fai parte das células e, cando se multiplica para combater unha infección, fan máis copias do VIH.

Cando alguén está infectado con VIH, pero non ten iniciado o tratamento, o número de células CD4 vai diminuíndo. Este é un sinal de que o sistema inmunitario está enfraquecido. Canto menor a conta de células CD4, máis probable desta persoa estar enfermo.

Hai millóns de familias diferentes de células CD4. Cada familia está deseñada para combater un tipo específico de xerme. Cando o VIH diminúe o número de células CD4, algunhas destas familias poden erradicadas. Pode perder a capacidade de combater xermes para as familias foron deseñados. Se isto acontecer, pode desenvolver unhainfección oportunista

QUE É unha proba de CD4?

Unha pequena mostra de sangue é tomada. O sangue é probado para conta de varios tipos de células. Células CD4 non son contadas directamente. Pola contra, o laboratorio fai un cálculo baseado no total de glóbulos brancos ea proporción de células que son CD4. Por conseguinte, a conta de CD4 non é exacta.

O tratamento actual suxire monitorear CD4 mediante a proba de 3 a 6 meses ao iniciar a terapia antirretroviral (ART). Dado que o tratamento aumenta os niveis de CD4 a altos niveis, a proba debe facerse cada mes 12.

Cales son os factores que inflúen no reconto de células CD4?

O valor de células CD4 varía en torno de lotes. Hora do día, fatiga e tensión poden afectar os resultados da proba. É mellor ter sangue collido na mesma altura do día para cada proba de célulaspay-937884CD4 e usar o mesmo laboratorio.

Infeccións poden ter un gran impacto na conta de células CD4. Cando o seu corpo loita contra unha infección, o número de glóbulos brancos (linfocitos) soben. E a conta de células CD4 e CD8 soben demasiadamente. A vacinación pode causar os mesmos efectos. Non comprobar a súa células CD4 ata un par de semanas despois de recuperarse dunha infección ou ser vacinados.

Como se informan os resultados da proba CD4?

As probas de células CD4 adoitan denominarse como o número de células nun milímetro cúbico de sangue ou mm3. Os conteos normais normalmente son entre 500 e 1600.

 

 

 

Mellor porcentaxe de CD4 desa puntuación

Debido a que a conta de células CD4 é tan variable, algúns provedores de coidados de saúde prefiren analizar a porcentaxe de células CD4. Se a súa proba informa 4% CD = 34%, o que significa que o 34% dos seus linfocitos eran células CD4. Esta porcentaxe é máis estable que a cantidade de celas CD4.

Perdas e danos con probas CD4

Unha conta de CD4 baixo de 200 indica graves danos ao sistema inmunitario. É un sinal de SIDA en persoas con infección polo VIH. Aínda que o porcentaxe de CD4 pode ser un mellor preditor de progresión da enfermidade por VIH que a conta de CD4, a conta de CD4 emprégase para decidir cando iniciar o tratamento.

O médico que desencadeou a situación de pavor que acompañou recórdame a algo que, quen ten máis de 35 anos seguramente sabe o que é:

O médico que desencadeou a situación de pavor que acompañou recórdame a algo que, quen ten máis de 35 anos seguramente sabe o que é:

MONGA

O intervalo normal está entre 30% e 60%. Os diferentes laboratorios utilizan diferentes rangos. Non hai directrices para o tratamento das decisións baseadas nas porcentaxes de CD4. Non obstante, unha porcentaxe de CD4 por baixo de 14 é unha definición de SIDA.

 O que as cifras significan?

A conta de células CD4 é unha medida fundamental da saúde do sistema inmunitario. Canto menor a conta, maiores os danos causados ​​polo VIH. Quen ten menos de 200 células CD4 ou unha porcentaxe inferior a 14%, é considerada como paciente de SIDA segundo os Centros de Control de Enfermidades do USA e tamén do Programa Nacional de DST / AIDS e hepatites virais do Ministerio de Sanidade.

Contas de CD4 son utilizados en conxunto coa carga viral para estimar canto tempo alguén vai permanecer saudable. ConsulteFolla de feito 125para obter máis información sobre a proba de carga viral.

Contas de CD4 tamén son usados ​​para indicar cando comezar certos tipos de tratamento medicamentoso:

Cando comezar a droga para evitar infeccións oportunistas:

Importante:

Pensei en eliminar a parte que segue a continuación, por desactualizada. Pero aínda queda na parte que está "rascada" a verdade da relación entre a conta de CD4 eo risco de manifestacións oportunistas. E é importante que isto permaneza, porque sei o que escoito no meu WhatsApp e isto é esclarecedor e vou poñer algúns puntos neste momento textual:

  • Se non probas a vostede mesmo, hai un risco de que teña VIH e, por exemplo, vai vivir e estender a enfermidade sen sabelo.
  • Se non se examina, perde unha media de células na Acotación de CD4 e non direi a media porque, ben sei, ten moita xente tranquila que pode pensar: Ah ... está lonxe. (I.e.
  • E se eu o sei ... ¿asistiches ao exterminador do futuro? Teño detrás de ti ....
  • Se, con base nisto, de algunha maneira obtuso, podes atopar unha forma de venderlle a idea de que (odio o decaísmo pero non sei como se librar del) "todo está ben", podes literalmente tomar a cabeza, un neuro -toxoplasmosis e para o rexistro, en máis de vinte anos vivindo co VIH, onde algúns deles eran especialmente sombríos, vin só que unha persoa tiña un "toxo" (só para os íntimos) e deixándoa ileso. E mira, ela enfermou e parecía fermosa. Pasou tres meses no hospital e deixou aí moi fermosa e desde entón tomou o medicamento e ela permanece fermosa.

  

O CBC é igual ao aspecto da cara

A "X" do problema está nunha vella publicidade do falecido PN DST / SIDA que dixo: quen ve o rostro, non ve a SIDA. E engado: nin sequera mirando no espello.

E é por estes e outros motivos que debes probar por si mesmo o VIH dentro doFIESTRA inmunolóxica sen paranoias e aceptar o resultado, non por que u digo, pero, si, porue se conectar en 0800 16 25 50 verán que, así como eu, informan que o diálogo inmunolóxica é de 30 días, listo, e terminou. Que cando a persoa fa PEP correcta e consistente non soroconverte e que, para estes casos, e só para estes casos, e non me pregunten por que, pois eu non o sei, eo teléfono de quen sabe está logo enriba, o seguimento é 90 días. E esta PEP non se pode considerar a pílula do día seguinte para trans sen condón Pis hai un brote para alí de emerxente de gonorrea hiperresistente a case todos os antibióticos (xa tivo gonorrea? Sabe o que é facer xixi e sentir que esta urinando area? ), e pode haber algo, un accidente ou un incidente que o deixe incapaz de facer PEP por 72 horas ou máis e o Devil vive nos detalles ...

E, mesmo con Prepara a camisinha debe ser, na miña opinión persoal, un elemento rigorosamente necesario na nosa vida sexual Pis non prepara para Zika Virus só para comezar a lista e, sovre o tratamento, hoxe, despois do estudo STARD. Escriba iso na busca do blog, sábese que é necesario tratar a persoa así que é diagnosticada porque, canto máis cedo comezar o trataento mellor

Ou ser

Proba a ti mesmo. Pásate a ti mesmo e proba a ti mesmo! E se dá un reactivo non, despois de 30 dis, aprende a lección e vai e non p ***** mais ....

A maioría dos provedores de coidados de saúde prescribe medicamentos para evitar infeccións oportunistas nos seguintes niveis de CD4:

Menos 200:pneumonía por Pneumocystis (PCP, consulteFolla de feito 515)
Menos 100:toxoplasmose (consulteFolla de feito 517) E criptococose (consulteFolla de feito 503)
Menos 50:complexo Mycobacterium avium (MAC, consulteFolla de feito 514)-

Seguimento do tratamento o éxito:

Co éxito da TARV, contas de CD4 ás veces poden subir rapidamente. Outras veces poden subir lentamente. Se a conta de CD4 é baixa cando a TARV iníciase, as contas de CD4 poden non recuperar para os niveis normais. {Nota do tradutor, sen esquecer a min, cito Beatriz Pacheco e Beto Volpe, cuxos históricos clínicos, se lidos por un médico desavisado, podería, en determinado momento dicir que "estas persoas están mortas" a verdade é que esbanjam, dan , vender, arrendar e gastar saúde co éxito dos seus tratamentos que, ao momento dos seus respectivos inicios, non eran "moi prometedores" Terapia e proba de bancarrota | CD4 Ademais, se contas de CD4 caer mentres está TARV, pode ser que estea a ocorrer quebra terapéutica e unha das razóns diso pode deberse a impontualidade na aplicación dos medicamentos; manter a súa adhesión ao tratamento de forma espartana. Seguimento continuo A directiva actual de tratamento (dispoñible en http://aidsinfo.nih.gov/guidelines ) suxire que un paciente mantén a carga viral indetectável, a conta de CD400 pódese facer unha vez ao ano ou mesmo con menos frecuencia. DE ENFERMEDADE E MORTES Non relacionados coa SIDA Agora que as persoas con SIDA viven máis tempo, hai máis investigacións sobre outras causas de enfermidade e morte. Estas son as causas de morte non relacionadas coa SIDA, que inclúen enfermidade hepática, cancro non relacionado á SIDA, e enfermidades do corazón. Globalmente, estas mortes están diminuíndo. Non obstante, a investigación mostra un vínculo claro entre o baixo número de CD4 eo risco de morte. Liña inferior Porque son como un importante indicador da forza do sistema inmune, unha folla informativa de orientacións de tratamento nos EUA suxire que a conta de CD5 debe ser monitor cada seis a doce meses para persoas cuxa TARV funcionou de forma a manter un alto nivel das celas CD5. Os contos máis altos de CD400 son mellores. Non obstante, un reconto normal de CD4 non garante un sistema inmune normal. <h3> Creiam, Se Você receber um Resultado Reagente, pense sempre nisso Não se Desespere!!!! Non teñas medo! Proba-se e Trata-se </ h3> <p> <i> moza que sofre, o texto foi traído á luz, revisado, por sorte eu puiden ata actualiza-lo non só para ti, ou te enviaría unha mensaxe . É que sei que o teu sufrimento, picante, é compartido por outras persoas, aquí, aquí, alí, alí, noutro lugar e en moitos nosocomios. </ I> Non sei se chego a ti ou se te colgado. Non hai ningunha vantaxe no autodiagnóstico e non hai vergoña de ser VIH positivo. Non probar, non comezar o tratamento é algo grave, ea persoa que porta VIH e non sabe que porta VIH é a que, como eu, polo xeral, contrae VIH, ignora o problema, vai adoecendo lentamente e estendendo a enfermidade sen saber, e sen querer (ou sen querer, non sei). "¡Ei, gay!" "Sei que non é gay, e este é o gran prezo de chamalo gay. Rsrs. Ben. Filó, mira, esta sempre gritando, "entra no balón" e só entendín moito tempo despois. Com o sucesso da TARV, contagens de CD4 ás vezes podem subir rapidamente. Outras vezes eles podem subir lentamente. Se a contagem de CD4 é baixa quando a TARV é iniciado, as contagens de CD4 podem não recuperar para os níveis normais. {Nota do Tradutor, para não mencionar a mim, cito Beatriz Pacheco e Beto Volpe, cujos históricos clínicos, se lidos por um médico desavisado, poderia, em determinado momento dizer que “estas pessoas estão mortas” a verdade é que eles esbanjam, dão, vendem, alugam e esbanjam saúde com o sucesso de seus tratamentos que, na época do seus respectivos inícios, não eram “lá muito promissores”], 

Falência Terapêutica e Testes de |CD4

Além disso, se contagens de CD4 cair enquanto você está em TARV,  pode ser que esteja ocorrendo falência terapêutica e uma das razões disso pode dever-se a impontualidade na aplicação dos medicamentos; mantenha sua adesão ao tratamento de forma espartana. 

Monitoramento contínuo 
A diretriz atual de tratamento (disponível em http://aidsinfo.nih.gov/guidelines) sugere que se um paciente mantém a carga viral indetectável, a contagem de CD4 pode ser feito uma vez por ano ou mesmo com menos frequência.

DA DOENÇA E DA MORTE Não relacionados à AIDS

Agora que as pessoas com AIDS vivem mais, há mais investigação sobre outras causas de doença e morte. Estas são as causas de morte não relacionadas à AIDS, que incluem doença hepática, câncer não relacionado à AIDS, e doenças cardíaca. Globalmente, estas mortes estão a diminuir. No entanto, a investigação mostra uma clara ligação entre a baixa contagem de CD4 e o risco de morte.

Linha Inferior

Porque eles são como um importante indicador da força do sistema imune, uma folha informativa de orientações de tratamento nos EUA sugere que a contagem de CD4 deve ser monitorada a cada seis a doze meses para pessoas cuja TARV tem funcionado de forma a manter um elevado nível de células CD4.

Maiores contagens de CD4 são melhores. No entanto, uma contagem normal de CD4 não garante um sistema imune normal.

                <h3>
                        Creiam, Se Você receber um Resultado Reagente, pense sempre nisso
                        Não se Desespere!!!! Não tema! Teste-se e Trate-se
                </h3>
    <p><i>Moça que sofre, este texto foi trazido à tona, revisado, felizmente eu pude inclusive atualiza-lo não só para ti, ou eu te enviaria um e-mail. É que eu sei que seu sofrimento, pungente, é partilhado por outras pessoas, aqui, ali, lá, acolá, alhures, algures e em muitos nosocômios.</i>

Eu desejo que isso a esclareça, bem como a ouros tantos, que caem nesta bobagem de fazer hemograma ara se auto diagnosticarem. 

Eu fico sem saber se acudo vocês, ou se enforco vocês. Não há vantagem na autodiagnose, e nem vergonha em ser portador de HIV. Não se testar, não começar o tratamento é algo grave, e a pessoa que porta HIV e não sabe que porta HIV é aquela que, como eu, tipicamente, contrai HIV, ignora o problema, vai adoecendo lentamente e espalhando a doença sem saber, e sem querer (ou quae sem querer, sei lá).

Eu tive uma amiga interessante, a Filó, garçonete da SKY Perepepês, uma casa GLS, tempos mais simples, e mais felizes, que no primeiro momento que me viu disse, sem nem me onhecer:

-“Oi gay!”. “Eu sei que ocê não é gay, e este é o grande barato de chamar você de gay. Rsrs. Pois bem.

Filó, olha só, você gritava sempre, “se liga na bolinha” e eu só vim a entender isso muito tempo depois. Teria sido fantástico. 

http://Array

Images similares

Anúncios
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (508 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. Complexo de Mycobacterium Avium (MAC) · Soropositivo.Org
  2. O Impacto de portar HIV no Envelhecimento · Soropositivo.Org
  3. Somatização de sintomas novos após o aprendizado em meu What'sAPP
  4. AIDS Visão Geral da Síndrome Da Imuno Definicência Adquirida - Há Vida!
  5. HIV e sua saúde - É Um Bom Texto Até Para Quem É Velho de Guerra

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. Complexo de Mycobacterium Avium (MAC) · Soropositivo.Org
  2. O Impacto de portar HIV no Envelhecimento · Soropositivo.Org
  3. Somatização de sintomas novos após o aprendizado em meu WhatXCHARXsAPP
  4. AIDS Visão Geral da Síndrome Da Imuno Definicência Adquirida - Há Vida!
  5. HIV e sua saúde - É Um Bom Texto Até Para Quem É Velho de Guerra

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Com o sucesso da TARV, contagens de CD4 ás vezes podem subir rapidamente. Outras vezes eles podem subir lentamente. Se a contagem de CD4 é baixa quando a TARV é iniciado, as contagens de CD4 podem não recuperar para os níveis normais. {Nota do Tradutor, para não mencionar a mim, cito Beatriz Pacheco e Beto Volpe, cujos históricos clínicos, se lidos por um médico desavisado, poderia, em determinado momento dizer que “estas pessoas estão mortas” a verdade é que eles esbanjam, dão, vendem, alugam e esbanjam saúde com o sucesso de seus tratamentos que, na época do seus respectivos inícios, não eram “lá muito promissores”], 

Falência Terapêutica e Testes de |CD4

Além disso, se contagens de CD4 cair enquanto você está em TARV,  pode ser que esteja ocorrendo falência terapêutica e uma das razões disso pode dever-se a impontualidade na aplicação dos medicamentos; mantenha sua adesão ao tratamento de forma espartana. 

Monitoramento contínuo 
A diretriz atual de tratamento (disponível em http://aidsinfo.nih.gov/guidelines) sugere que se um paciente mantém a carga viral indetectável, a contagem de CD4 pode ser feito uma vez por ano ou mesmo com menos frequência.

DA DOENÇA E DA MORTE Não relacionados à AIDS

Agora que as pessoas com AIDS vivem mais, há mais investigação sobre outras causas de doença e morte. Estas são as causas de morte não relacionadas à AIDS, que incluem doença hepática, câncer não relacionado à AIDS, e doenças cardíaca. Globalmente, estas mortes estão a diminuir. No entanto, a investigação mostra uma clara ligação entre a baixa contagem de CD4 e o risco de morte.

Linha Inferior

Porque eles são como um importante indicador da força do sistema imune, uma folha informativa de orientações de tratamento nos EUA sugere que a contagem de CD4 deve ser monitorada a cada seis a doze meses para pessoas cuja TARV tem funcionado de forma a manter um elevado nível de células CD4.

Maiores contagens de CD4 são melhores. No entanto, uma contagem normal de CD4 não garante um sistema imune normal.

                <h3>
                        Creiam, Se Você receber um Resultado Reagente, pense sempre nisso
                        Não se Desespere!!!! Não tema! Teste-se e Trate-se
                </h3>
    <p><i>Moça que sofre, este texto foi trazido à tona, revisado, felizmente eu pude inclusive atualiza-lo não só para ti, ou eu te enviaria um e-mail. É que eu sei que seu sofrimento, pungente, é partilhado por outras pessoas, aqui, ali, lá, acolá, alhures, algures e em muitos nosocômios.</i>

Eu desejo que isso a esclareça, bem como a ouros tantos, que caem nesta bobagem de fazer hemograma ara se auto diagnosticarem. 

Eu fico sem saber se acudo vocês, ou se enforco vocês. Não há vantagem na autodiagnose, e nem vergonha em ser portador de HIV. Não se testar, não começar o tratamento é algo grave, e a pessoa que porta HIV e não sabe que porta HIV é aquela que, como eu, tipicamente, contrai HIV, ignora o problema, vai adoecendo lentamente e espalhando a doença sem saber, e sem querer (ou quae sem querer, sei lá).

Eu tive uma amiga interessante, a Filó, garçonete da SKY Perepepês, uma casa GLS, tempos mais simples, e mais felizes, que no primeiro momento que me viu disse, sem nem me onhecer:

-“Oi gay!”. “Eu sei que ocê não é gay, e este é o grande barato de chamar você de gay. Rsrs. Pois bem.

Filó, olha só, você gritava sempre, “se liga na bolinha” e eu só vim a entender isso muito tempo depois. Teria sido fantástico. 

http://Array

Images similares

Anúncios

Conte para seus amigos! Se não gostar... Conte para is inimigos 😉

Curtir isso:

Curtir Carregando...
Sobre Claudio Souza do Soropositivo.Org (508 artigos)
😍😍😍😜💫☮Sim, este da foto sou eu ! Minha sobrinha pediu que eu pusesse esta foto m meu perfil !.... Eu tinha aqui uma descrição a meu respeito que, uma pessoa classificou como “irreverente”. Esta é, realmente, uma forma eufêmica de classificar o que estava aqui. Tudo o que sei é que uma “ONG”, que ocupa um prédio de 10 andares estabeleceu uma parceria comigo, e eu tenho os logs do tempo de parceria, que foi mais um vampirismo pois, para cada 150 pessoas que saiam do meu site, clicando no deles, havia, em média, um que entrava. QUANDO ENTRAVA E SE ENTRAVA

5 Trackbacks / Pingbacks

  1. Complexo de Mycobacterium Avium (MAC) · Soropositivo.Org
  2. O Impacto de portar HIV no Envelhecimento · Soropositivo.Org
  3. Somatização de sintomas novos após o aprendizado em meu What'sAPP
  4. AIDS Visão Geral da Síndrome Da Imuno Definicência Adquirida - Há Vida!
  5. HIV e sua saúde - É Um Bom Texto Até Para Quem É Velho de Guerra

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.